segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Exercícios fora da água para melhorar seu surf no dia a dia


DJ Hoobgood, um atleta dedicado em Noronha. Foto ASP
Surf Saúde
Você surfa todos os dias ou somente os finais de semana, e quer melhorar seu desempenho na água? O treinamento dos principais músculos que utilizamos na hora de surfar garantem em  médio e longo prazo mais força e equilíbrio no seu surf. A doutora Adriana Rossi, especializada em Medicina Esportiva, recomendou a prática de cinco exercícios importantíssimos para poder curtir mais e melhor as ondas.
CARDIOVASCULAR
O primeiro passo para o acondicionamento físico é o aumento da resistência na água através de exercícios que trabalhem o sistema cardiovascular. Com mais fôlego você conseguirá se manter mais tempo remando e surfando em condições de conforto, sem sentir as exigências das condições do mar. Corrida e natação são exercícios muito bons para o surfista, com benefício cardiovascular. Certifique-se de fazer o suficiente para manter sua frequência cardíaca por 30 minutos a uma hora.
FORÇA
“Construir os músculos abdominais e das costas, que também são muito importantes para remar. Além disso, é uma parte importante na luta contra o peso da água, que é algo que você faz quase que constantemente ao surfar as ondas”, explicou a doutora. Flexões abdominais e exercícios para a lombar são bons exemplos de exercício para ganhar força na região do abdômen.
                                 Agachamento dá mais força nos drops
MEMBROS SUPERIORES
Ganhar remada é muito importante pelo fato de que isso permite por defeito a possibilidade de você pegar mais ondas. Mais ondas é mais surf e mais prática dos movimentos necessários para aprimorar sua técnica. Outra vantagem é ganhar agilidade na hora de ficar de pé na prancha. Um exercício importante para trabalhar a região pode ser feito em academias, como o supino e o voador, fora da academia a flexão de braço e exercícios na barra irão fortalecer os membros superiores.
FLEXIBILIDADE
“O seu programa de exercícios para o surfe, também deve incluir o alongamento, algo que muitas pessoas tendem a evitar. Mais flexibilidade e mobilidade permitem que você manobre de sua prancha melhor, permanecer em pé e fazer manobras com maior grau de dificuldade”, afirmou Rosana. Como um benefício extra, se você é como alguns surfistas que têm problemas na região lombar, o alongamento é mais importante ainda. Não é a toa que vários surfistas profissionais se tornaram adeptos da yoga.
MEMBROS INFERIORES
Membros inferiores do corpo: o condicionamento dos membros inferiores do corpo é outra maneira de ajudá-lo a permanecer em sua prancha e fazer manobras mais avançadas. Exercícios que envolvem equilíbrio e força o ajudarão a fortalecer seus membros inferiores. Seu programa de condicionamento físico deve incluir exercícios como agachamento e panturrilha. Exercícios de PILATES são perfeitos para o surf, vários programas de condicionamento físico para surfistas profissionais incluem o pilates como forma de aumentar a força e flexibilidade do atleta.



Especialista
A doutora Adriana Rossi (CRF 64774) mora em São Paulo e tem especialização cárdio respiratória em U.T.I e Medicina Esportiva. Seus trabalhos e investigações apontam para o maior desempenho físico de atletas profissionais e amadores na procura de um equilíbrio muscular. Menos lesões e maior desempenho na água são parte dos resultados obtidos através de diversos programas de treinamento.


Nenhum comentário: